Minuto Sertão

buscar

Postado em em NotíciasMinuto Paulo Afonso

Polícia pernambucana investiga morte de professora em Delmiro Gouveia

O delegado que apura o crime, Roberto Fonseca entrou de férias

Por Redação

A morte da professora alagoana Orismidia Rita Vieira, 47, conhecida como Rita, vem sendo investigada pela polícia pernambucana, já que o corpo dela foi encontrado às margens de um matagal próximo ao município de Jatobá-PE, no dia 28 de dezembro do ano passado. O delegado de Delmiro Gouveia, Manoel Wanderley, de onde a vítima desapareceu, disse ao Cadaminuto que tem auxiliado no inquérito.

Rita desapareceu de Delmiro no dia 27 de dezembro, após sair de casa, por volta das 16h, para ir à academia de ginástica. O corpo dela foi encontrado estirado no chão com as mãos amarradas para trás, além de apresentar uma perfuração na cabeça, semelhante a um tiro. Ao saberem que a professora não tinha chegado à academia, familiares tentaram entrar em contato com ela, por meio do telefone celular, que estava desligado.

O delegado que apura o crime, Roberto Fonseca entrou de férias e o inquérito passou a ser presidido por seu substituto, José Olegário, de acordo com um policial da Delegacia de Jatobá. Ele informou ter conhecimento do caso, mas disse que o delegado, que também responde pelos municípios de Petrolândia e Floresta, estaria aguardando a resposta de um procedimento aberto no Fórum de Recife.

“Foram feitas diligências, e desde o início mantive contato com o delegado, mas agora que mudou já faz três semanas que não tenho notícias sobre esse caso. Algumas testemunhas foram ouvidas e relataram a rotina da vítima. Acredito que agora, o trabalho será feito por meio do serviço de inteligência da Polícia Civil pernambucana, pois pode ser necessária a quebra do sigilo telefônico da professora”, explicou Manoel Wanderley.

Segundo ele, um filho da vítima, que é policial militar e mora na Bahia também foi ouvido e vem acompanhando o caso. “Existem duas linhas de investigação, mas não posso revelar nada. Nesse tempo em que perdi o contato com o delegado atual, pode ter surgido algum fato novo”, afirmou o delegado alagoano.

Deixe seu comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

  • Acorda Delmiro Gouveia

    Acorda Delmiro Gouveia

    Delegado de Delmiro Gouveia, cade vc já faz um ano que rita foi morta brutalmente em jatobá e ninguem até o momento foi preso foi preso, quantos mais tem que morrer.

  • justiça

    justiça

    eu só sei q essas investigações está muito lenta essa é a verdade.