População diz que não vai fazer recadastramento biométrico em Canapi

Até agora somente 2.016 dos 13.093 eleitores do município realizaram o processo



Por Redação

Cansados de votar em candidatos que vivem a prometer melhorias e desenvolvimento para o município, mas que na verdade a única coisa que desenvolve é o seu patrimônio, muitos canapienses dizem que não irão fazer o recadastramento biométrico do titulo eleitoral, para eles, os únicos que têm a ganhar com a regularização do titulo, são os candidatos que serão votados, pois caso sejam eleitos seu compromisso será simplesmente financeiro, visto que toda eleição ganha àquele que tem mais e que gasta mais, ou melhor! “compra mais”.

Para esses eleitores esta nefasta maneira de fazer política já começou há alguns meses, com a compra de aliados políticos e agora vem se intensificando com a compra dos eleitores, graças às deficiências da justiça eleitoral que dispõe de apenas um servidor para realizar o recadastramento dos mais de 42 mil eleitores dos municípios de Canapi, Inhapi e Mata Grande, por esse motivo muitos eleitores se submetem a pratica que se soma à falta de condições financeiras e ao lanche ofertado pelo candidato.

“Sempre foi assim e agora piorou, vejo que desta maneira a própria justiça acoberta a compra de votos, pois dezenas de carros locados por políticos saem diariamente a Mata Grande, lotado de eleitores para recadastrar o titulo e a justiça não faz nada,"  foi o que disse um eleitor que preferiu o anonimato.

Segundo informações do cartório da 27º zona eleitoral em Mata Grande os eleitores terão somente até o dia 02/12/2011 para fazer o recadastramento, caso contrário ficarão impedidos de votar e terão o titulo eleitoral cancelado.

Ainda segundo informações do cartório, até o momento foram recadastrados cerca de 10.733 eleitores, sendo 4.890 dos 17.327 eleitores de Mata Grande, 3.827 dos 12.544 de Inhapi e apenas 2.016 dos 13.093 eleitores canapienses.

Apesar do reduzido numero de eleitores cadastrados, a 27º zona atualmente ocupa o 4º lugar com o maior numero de eleitores já cadastrados, atrás apenas da capital Maceió e dos municípios de Arapiraca, Palmeira dos Índios e União dos Palmares.

Sobre as caravanas enviadas por candidatos, a assessoria do cartório disse não ter conhecimento do fato, no entanto afirmou que vem pedido à ajuda das prefeituras para que disponibilizem o transporte, no intuito de recadastrar pelo menos 75% do eleitorado, visto que o próprio TRE-AL trabalha com uma expectativa de queda de 25% do eleitorado alagoano.


Mais Imagens



Veja Mais