Minuto Sertão

buscar

Postado em em NotíciasPolícia

Acusado na morte de policial cearense morre em troca de tiros com a polícia em São José da Tapera

Ricardo Alves Feitosa é o principal suspeito na morte de um PM no último dia 8 de setembro em Juazeiro do Norte/CE

Por Redação

A tentativa de prender Ricardo Alves Feitosa, de 30 anos, resultou em troca de tiros contra policiais militares do 7º Batalhão de Polícia de Santana do Ipanema e do Estado do Ceará. O fato aconteceu por volta das 6 horas da manhã desta quarta-feira no município de São José da Tapera.

Ricardo é o principal suspeito na morte do Soldado PM, Evandro Carlos da Silva, de 38 anos, no último dia 8 de setembro na Avenida Padre Cícero em Juazeiro do Norte. Ele foi socorrido às pressas pelos próprios PMs para a Unidade Mista Ênio Ricardo Gomes, mas faleceu antes de receber atendimento médico. O corpo foi levado para o necrotério da Unidade Mista da cidade e depois foi trasladado para o município de Juazeiro do Norte, onde será sepultado.

Ele residia na Rua Francisca Pereira, 110 (Frei Damião) e desde o dia do assassinato do Soldado da Companhia de Polícia Militar de Campos Sales, estava foragido. De acordo com a polícia civil da cidade, Ricardo estava refugiado na casa de parentes no Sítio Serrinha, distante cerca de 10 quilômetros do centro da cidade.

O Minuto Sertão apurou que durante o tiroteio o suspeito que estaria armado com uma pistola 6.35 teria efetuado três disparos contra um policial militar que teria sido atingido no colete a prova de balas que usava.

Foragido

Antes de viajar para Alagoas, há informações de que a vítima teria passado uma semana em Natal (RN) enquanto decidia o rumo a seguir. Segundo a polícia, Ricardo era um indivíduo de alta periculosidade e já respondia por dois outros homicídios, porte ilegal de armas e supostos assaltos em Icó, onde residiu durante algum tempo. Ele tinha rixas com o Soldado Evandro por quem já havia sido preso quando o militar atuava no Serviço Reservado do 2º BPM de Juazeiro.

Assassinato do PM

O assassinato do PM aconteceu quando este parou com sua moto em um dos semáforos da Avenida Padre Cícero, causou grande repercussão no Cariri. Ricardo e outro comparsa teriam parado ao lado e o militar atingido com um único tiro à altura do peito esquerdo. O Soldado Evandro ainda foi socorrido com vida para o Hospital Regional do Cariri, mas morreu antes de receber atendimento. Momentos após o tiro, uma pessoa teria ligado para a Ciops avisando ter assassinado “o soldado de vocês”.
 

Deixe seu comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

  • PM DE CAMOCIM

    PM DE CAMOCIM

    Ei do jua, se vc sabe de mais alguém que participou da morte do nosso companheiro, porque não faz uma denúncia ANÔNIMA ao comando da polícia ou na rádio ou na promotoria da cidade, tudo vale, ok?

  • hellio italo da silva

    hellio italo da silva

    Eiiii aqui no jua vcs tem que olhar a gravação das cameras de segurança da macavi e a unica forma de saber se realmente foi o ricardo que matou o soldado evandro Eu peço a pulicia q façam isso que concerteza saberemos qe foi ele ou naum se vcs tiverem matado ele de graça?? pense bem vcs militares..

  • PC AL

    PC AL

    Bandido bom É BANDIDO MORTO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • helio

    helio

    vai direitos humanos tirar ele do inferno, coloque seus melhores advogados que lá a vigilância é forte, Lúcifer.

  • Batalhense

    Batalhense

    Pelo menos uma policia de vergonha nesse estado. Toma BANDIDO.

  • junior

    junior

    vai para o inferno bandido, bandido bom é bandido morto,aqui em alagoas matador de pm morre,rsrsrsrsrsrsrs......

  • alison juazeiro

    alison juazeiro

    agradecemos a colaboração dos pms alagoas, teremos o mesmo prazer em conrresponder todo apoio aos cearences!!!!!

  • SANTANENSE

    SANTANENSE

    VAI BANDIDO TROCAR TIRO COM O PELOPES.

  • Simplicio

    Simplicio

    É preciso divulgar o nomes dessas pessoas que deram apoio a ele, pq podem ter entre eles mais marginais, e isso é um perigo pra os moradores do sitio serrinha, e adjacências.

  • PM de Alagoas

    PM de Alagoas

    Vai pro inferno safado, vai abraçar o satanás.