Prefeito e vice de Olho D´Água do Casado têm mandatos cassados por compra de votos

Gestor teria usado cartão cidadão como moeda de troca para conseguir se reeleger no pleito de 2012



Por Cada Minuto
Prefeito José Gualberto
Prefeito José Gualberto (municipiosalagoanos.com.br)

A justiça eleitoral cassou o mandato do prefeito José Gualberto Pereira e da vice-prefeita Rosa Alencar do município de Olho D’Água do Casado, no Sertão de Alagoas. A decisão é do juiz Durval Mendonça Júnior que acatou a Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME), movida pelo candidato da oposição José dos Santos (PT), ao cargo majoritário no último pleito eleitoral.

A ação movida pela coligação ‘Olho D’Água para Todos’ questionava a reeleição do prefeito José Gualberto Pereira, que é acusado de captação ilícita de sufrágio e abuso de poder político e econômico. O prefeito teria feito uso do programa social ‘Cartão Cidadão’, para compra de voto, distribuindo meses antes do pleito eleitoral os cartões com pagamento de R$ 30,00 por quinzena.

O juiz eleitoral determinou o imediato afastamento dos impugnados, cujos votos obtidos na eleição de 2012 foram considerados nulos.  Quem deve assumir o município, de forma interina, é o presidente da Câmara de Vereadores do Município, até que novas eleições sejam realizadas em Olho D’Água do Casado.

Mais de 500 cartões foram distribuídos no município e segundo algumas mães de famílias, os pagamentos tinham valores diferentes. A denúncia aponta que assessores do prefeito, no momento que fazia a entrega dos cartões, informavam às famílias que após a eleição, os benefícios repassados pela prefeitura seriam ampliados.



Veja Mais